Teoria da Permissividade

2006/07

Instalação de Arte conceitual performática científica quântica social.

Fase 1 do projeto sete P ( 7 ) está implantado incorporado no espaço social numa repetição diária desde 01 de Setembro de 2006.

A democracia quântica em exercício nas atividade coletivas dentro das tarefas especializadas individuais. A meditação em movimento no espaço de circulação pública.

todos os habitantes em transito estão dentro do tai chi yang transito pedestres ,skates. bicicletas, motocicletas carros.

Por adesão natural e espontânea, pela simplicidade que é perceber, estar atento na ação, em equilíbrio consigo e o próximo; dentro de qualquer ambiente inserido no ambiente de convivência.

A fluidez nos movimentos com busca de preservar a harmonia dela decorrente. Analógo ao futebol arte, a convivência através desse princípio denominado tai chi transito, a arte de meditar em movimento presente aqui e agora. Conscientizar a população disso como uma referência, prepara o futuro  campo de harmonia em maiores e melhores condições para salto quântico de consciência. Porque reduzindo a incerteza no instante da ação, aumenta a fluidez urbana.

TEORIA DA PERMISSIVIDADE

Permissividade é atenção aplicada na manutenção do fluxo.                                                                                                                         Permite que se pare o mínimo de tempo em retornos, diminuindo o tempo parado em curvas de retorno, facilitar a entrada do outro para que ele se mantenha em ritmo contínuo abrindo espaço para que ele se adapte ao novo fluxo.

Permissividade do vácuo, a expressão da Lei de Coulomb, é a razão entre o módulo do vetor deslocamento elétrico em um material e o módulo do campo elétrico.

A Teoria da Permissividade do Vácuo nos Deslocamentos Diários, o vazio, como um espaço aberto entre  pedestres, passageiros e condutores de veículos.

Quando em trânsito, houver obstrução, engarrafamento ou aguardando o sinal verde;Nós Estamos ainda em fluxo, porém, por alguns instantes parados, aguardamos, mas não estacionados Permissividade se consegue mantendo a distância de um carro de passeio na inércia, o tamanho de uma vaga de automóvel,e outros veículos como bicicletas, o espaço vazio equivalente ao tamanho de uma bicicleta, entre biciletas, o mesmo se aplica aos skates, os patins,  e as motocicletas.

O espaço de segurança, que corresponde o vazio, a distância entre um veículo e outro, é a maneira de aumentar a eficiência coletiva na usabilidade dos espaço públicos, e para manobras de abertura para emergências de pronto atendimentos públicos, assim , como também em Planos de Contingência.

  A distância no trânsito parado em horário de rush mantido assim traz satisfação e acalma. Aproximar os pára-choques Gasta a saúde dos reflexos nervosos prejudicando a percepção de si dentro da ação coletiva.

Obstruções surgem no indivíduo e no fluxo. Aproximar os pára choques aumenta  a incerteza coletiva e individual, insegurança irradiada nas ações podem ocasionar catástrofes na multidão participante,obstrução de fluxo vital.

Permitindo o espaço livre mesmo parado aumenta a vitalidade individual e coletiva. Energia cumulativa por continuidade e o exercício pleno da atenção consciente de preservar a fluidez.

É  a referência conscientizada pela sociedade da prática do tai chi yang transito de veículos urbanos.

O espaço livre  é a maneira de exercitarmos fluxos quânticos que geram satisfação individual e coletivo. É a consciência de interagir com liberdade de ação com responsabilidade na  manutenção no fluxo vital urbano, a harmonia no espaço social.

Márcio Lacerda

www.taichichuanbrasil.com.br

www.taichiyangtransito.wordpress.com

visite se for pertinente divulgue  www.taichiyangtransito.wordpress.com sugerindo aos amigos,parentes e colegas do ambiente de trabalho.

http://taichiyangtransito.wordpress.com/urban 

www.blog.taichichuanbrasil.com.br/Teoria das Mirábolas

http://s7t.blogspot.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: